Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

História Em Quadrinhos sobre a Reforma Ortográfica

Olá quer ver a história em quadrinhos?
Acesse o site e baixe.
http://www.baixedetudo.net/download-hq-turma-da-monica-reforma-ortografica

NAYANNA GABRIELLLY Nº 1017 7ªA2

Poema sobre Reforma Ortográfica.

Não se usa mais acento
No "pára", verbo parar
Pois "para" preposição
Não vai mais lhe atrapalhar
Tudo agora virou "para"
Do jeito que a gente fala
Sem se diferenciar

As palavras terminadas
Em hiato, como "enjôo"
Não vão mais ter circunflexo
Não se acentua mais "vôo"
Agora voo atrasado
Não é mais acentuado
Nem que você sinta enjoo

Não tem mais acento agudo
Quando se escreve "feiúra"
Passaram quinhentos anos
Pra fazer essa frescura
E o português lusitano
Só descobriu este ano
Que esse mal não tem cura

O País ta precisando
É de reforma agrária
É de reforma política
De reforma tributária
Mexer na ortografia
Por causa da geografia
Não é coisa prioritária

Pensei cá com meus botões
A reforma é malandragem
Tem interesses ocultos
Alguém levando vantagem
Esse tira e põe acento
É um negócio nojento
Ta virando sacanagem.

André Lucas Nº         7ª A2
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/01/03/o-meio-da-reforma-ortografica/
Acessado em 10/02/2011  Hora: 14:58

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Regras de Acentuação Gráfica.

Acentuação Gráfica: conforme a nova ortografia


                                 I - Palavras proparoxítonas


1. Todas são acentuadas: árvore, chávena, maiúsculo, feiíssimo.

II - Palavras paroxítonas

2. São acentuadas graficamente as paroxítonas terminadas em:

ÃO(S): bênção(s), órfão(s)
Ã(S): ímã(s), órfã(s)
L: amável, dócil
EI(S): amáveis, dóceis
I(S): táxi, grátis
N: hífen, éden
X: tórax, ônix
R: líder, mártir
UM, UNS: álbum, álbuns
US: bônus, lótus
PS: bíceps, fórceps


Observações:
A. Acentuam-se graficamente todas as paroxítonas terminadas em ditongo crescente: mágoa, tênue, rádio, ânsia.
 
B. Não levam acento gráfico as paroxítonas terminadas em:
a. ns: itens, hifens, folhagens, jovens, nuvens;
b. m: item, folhagem, jovem, nuvem;
C. Não se acentuam os ditongos abertos ei, oi, das paroxítonas: assembleia, estreia, jiboia, heroico;

D. Não levam acento o i e o u tônicos, precedidos de ditongo: feiura, baiuca.

III - Palavras oxítonas

3. Levam acento gráfico as oxítonas terminadas em:

Á(S): sabiá (s)
É(S), Ê(S): café(s)
Ó(S), Ô(S): avó(s), avô(s)
ÉM, ÉNS: refém, reféns


Observação:
Seguem esta regra:
A. as monossílabas tônicas terminadas por á(s), é(s), ê(s) ó(s), ô(s): lá(s), pé(s), pó(s);
B. as formas verbais oxítonas do mesmo tipo, seguidas ou não de pronomes: amá-lo, está(s), vendê-lo, propôs, contém, conténs.

4. São acentuadas as oxítonas terminadas em ditongo aberto:

ÉIS: papéis, bacharéis
ÉU(S): chapéu, chapéus
Ói(S): herói, heróis


5. Assim como as oxítonas em que o i e o u estão depois de ditongo em posição final ou seguidas de s: Piauí, tuiuiú.
Portanto, não levam acento gráfico as oxítonas em i e u precedidas por consoante: juriti, tatu.


IV – Hiatos

6. Acentuam-se o i e o u tônicos, precedidos de vogal, quando sozinhos ou seguidos de s, formando uma sílaba: viúva, saíste, baú, saída.

Observações:
A.  Não leva acento gráfico o i, mesmo sozinho, seguido de nh: rainha, moinho.

B. Não são acentuados graficamente os hiatos oo e ee: voo, creem.


V – Acento nos verbos em guar,    quar e quir
           
7. Não se usa o acento agudo no u tônico das formas (tu) arguis, (ele) argui, (eles) arguem, do presente do indicativo dos verbos arguir e redarguir.
 
Observação:
 
Há uma variação na pronúncia dos verbos terminados em guar, quar e quir, como aguar, averiguar, apaziguar, desaguar, enxaguar, obliquar, delinquir etc. Esses verbos admitem duas pronúncias em algumas formas do presente do indicativo, do presente do subjuntivo e  do imperativo:
 
A. se forem pronunciadas com a ou i tônicos, essas formas devem ser acentuadas graficamente: enxáguo, enxáguas, enxágue, delínques, delínquem, delínqua;
 
B. se forem pronunciadas com u tônico, elas não são  acentuadas: enxaguo, enxaguas, delinques, delinquem, delinqua.
 
Observação:
 
No Brasil, a pronúncia mais corrente é a primeira, aquela com a e i tônicos.

VI – Acento diferencial

8. Usa-se o acento diferencial nas seguintes situações:
A. Verbo pôr – para diferenciar da preposição por:
Eu pedi para ela pôr o pão no armário por causa das moscas.
B. Pôde – terceira pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo do verbo poder para diferenciá-lo de pode - terceira pessoa do singular do presente do indicativo do mesmo verbo:
Ela não pôde passar na tua casa ontem, mas pode passar hoje.

Observação:
O acento diferencial é facultativo em:
A. Dêmos – primeira pessoa do plural do presente do subjuntivo do verbo dar e demos – primeira pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo do mesmo verbo;
B. Fôrma (substantivo) e forma (substantivo, terceira pessoa do singular do presente do indicativo e segunda pessoa do singular do imperativo afirmativo do verbo formar).

VII – Verbos ter e vir

9. Os verbos ter e vir levam acento circunflexo na terceira pessoa do plural do presente do indicativo para diferenciar da terceira pessoa do singular do mesmo tempo verbal: ele tem, eles têm; ele vem, eles vêm.
Seus derivados, como deter e intervir, por exemplo, seguem a acentuação das oxítonas terminadas por em, mas na terceira pessoa do singular do presente do indicativo levam acento agudo e na terceira pessoa do plural do mesmo tempo levam acento circunflexo, a fim de diferenciar as duas formas verbais: ele detém, eles detêm; ele intervém, eles intervêm.

VIII – Trema

10. O trema só é usado em nomes estrangeiros e seus derivados: Müller, mülleriano.

ANDRÉ LUCAS  7ª A2

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Por quê ????????

                                                                                          
Sabemos que neste começo de Campeonato Pernambucano deste da 1ª Rodada o Favorito é o Sport, mas este Favoritismo tem Caído cada vez mais. Se este time ganhasse o Campeonato seria Hexa quebrando a Gloria do Náutico, pois se Gloria em Ser Hexa dizendo:

--- HEXA É LUXO!

Mas, este Sonho está sempre ficando longe de acontecer. Creio eu que todos os torcedores se Perguntam:

---Por que logo quando o Sport vai Ganhar o Hexa começa Ruim, Errando e Perdendo?

Esta Pergunta tem desencadeado muitas polêmicas e tentarei lhe explicar por que isto está Ocorrendo.

1-Sabemos que Geninho o atual Técnico do Sport sempre dirigiu times grandes e pequenos e mesmo com times de alta relevância e pouca sempre comando muito bem.Em todos os times que passou ganhou títulos e nunca, mas nunca causou nem um problema.Mas por quê logo no Sport está ocorrendo isto?

MUITOS DIZEM QUE ELE RECEBEU VÁRIAS PROPOSTAS DE TIMES E TIMES GRANDES PARA ASSUMIR.

Será que ele quer que o Sport o demita para Assumir outro Time?
Mas, surge a pergunta:
---Mas se ele quer ir para outro time por que não se demiti?
Por que se ele se demitir vai mostrar que não consegue se lhe dar com um problema e é bom lembrar que será uma Notícia Nacional

2-Outros dizem que ele se focou tanto no Náutico que se esqueceu que existia o Santa Cruz. Com isto Santinha Saio por fora.E de acordo com os seus torcedores este Campeonato é do Santa Cruz.

3-Outros defendem que Geninho está com uma Série doença, mas acho que não é por que não se ouviu isto ainda.

MAS SE VOCÊ DEFENDE UMAS DAS CAUSAS QUE O SPORT ESTÁ PERDENDO OU QUER DÁ UMA OPINIÃO PORQUE ISTO ESTÁ OCORRENDO. DIGITE UM COMENTÁRIO, E LEREMOS E AGRADECEREMOS.

Matheus Sales Tavares Nº 0934

                                                                     

Dez Dicas Rápidas para uma Boa Redação


1) Na dissertação, não escreva períodos muito longos nem muitos curtos.

2) Na dissertação, não use expressões como “eu acho”, “eu penso” ou “quem sabe”, que mostram dúvidas em seus argumentos.

3) Uma redação “brilhante” mas que fuja totalmente ao tema proposto será anulada.

4) É importante que, em uma dissertação, sejam apresentados e discutidos fatos, dados e pontos de vista acerca da questão proposta.

5) A postura mais adequada para se dissertar é escrever impessoalmente, ou seja, deve-se evitar a utilização da primeira pessoa do singular.

6) Na narração, uma boa caracterização de personagens não pode levar em consideração apenas aspectos físicos. Elas têm de ser pensadas como representações de pessoas, e por isso sua caracterização é bem mais complexa, devendo levar em conta também aspectos psicológicos de tipos humanos.

7) O texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico, universal; a carta argumentativa pressupõe um interlocutor específico para quem a argumentação deverá estar orientada.

8 ) O que se solicita dos alunos é muito mais uma reflexão sobre um determinado tema, apresentada sob forma escrita, do que uma simples redação vista como um episódio circunstancial de escrita.

9) A letra de forma deve ser evitada, pois dificulta a distinção entre maiúsculas e minúsculas. Uma boa grafia e limpeza são fundamentais.

10) Na narração, há a necessidade de caracterizar e desenvolver os seguintes elementos: narrador, personagem, enredo, cenário e tempo.

Nayanna Gabrielly  Nº 1017
Fonte: http://falabonito.wordpress.com/2006/12/04/dez-dicas-rapidas-para-fazer-uma-boa-redacao/
Acessado: 04/02/2011 Hora: 11:43

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Erros de Ortografia!


Sabemos que na Sociedade que Vivemos muitas pessoas não tem um nível de escolaridade e por causa disto acabam cometendo "uns pequenos; grandes erros".Principalmente quando querem colocar algo pra vender ou um anuncio , mas independente disto nós não devemos aceitar isto.
 Talvez você diga:
  ---- Mas, por quê?
 A resposta é óbvia, o Brasil é visto pelos outros países do Mundo com um país onde só há "Miséria, Pobreza e etc.”. Devemos por causa disto mostrar que o Brasil apenas não tem Miséria tão bem Ricos Empresários e etc.

"CHEGOU O TEMPO DE MOSTRAMOS DE FATO QUEM É O BRASIL"!

(Mas, voltando ao tema.)

Agora você verá alguns erros de ortografia ( coloque no Google imagem a seguinte frase ' erros de ortografia")  e como é o correto.





CEJA BEM VINDO E EXPRIMENTE A LINGUIÇA.

1-CEJA-Não é com "C" mas sim com o "S".
2-Exprimente-Principalmente nós Pernambucanos temos um péssimo Hábito de falarmos errado (como os Paulista dizem "Cantano") e por causa deste péssimo Costume acabamos influenciando na nossa escrita. CORRETO SERIA "Experimente”. Observe e peça alguém que está com você e peça para ele falar a palavra "Nascer" ele não vai falar correto irá falar "Naiscer".



ATENCAO ESTA OBRA NÃO SE RESPONÇABELISA POR CUAL QUER DANO.

1-Atencao-Se ultiliza o "Ç" em vez do simples "C" e também não se esqueça do "~"
2-Responçabelisa-Em vez do "Ç" se usa o "S", Não é "BE" e sim o "BI", não é "SA" e sim "Z"
3-”Cual quer-Não se escreve CUAL E SIM ‘QUAL” e é junto o "QUAL" DO "QUER"

E ENTRE OUTROS.


MATHEUS SALES TAVARES DA SILVA Nº 0934